quinta-feira, abril 28, 2011

Desespero



O desespero da espera cansa
magoa
mata
O desespero da espera...
deixou vazio o teu lugar
e o meu...
o meu está lá
eu é que não.

2 comentários:

Constantino, Guardador de Vacas disse...

Comecei a seguir este blog. A fotógrafa (e a poetiza) prometem.

Marco C. disse...

gosto desta luz. ou da falta dela :)